Gilberto Junior
Nasceu em São Paulo - Brasil
Vive e trabalha em Botucatu - SP
+
Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Mackenzie. Fez Residência Artística no Útero, 2019 espaço independente de produção cultural, localizado na cidade de Botucatu-SP. Concluiu o curso técnico em Design de Interiores na ETEC (Carlos de Campos) em Guarulhos - SP. Na sua adolescência chegou a frequentar aulas de desenho e pintura em atelier de artistas locais na cidade de Arujá - SP.
Desenvolvendo obras que se relacionam com o ambiente, seja ele urbano ou rural, são trabalhos que discutem sobre a cultura popular, ancestralidade e a memorial coletiva de um povo. Realizando obras a partir de materiais naturais desde 2014; são figuras pintadas com tintas extraída da terra; em algumas instalações, o artista utiliza da própria terra, e dos recursos do ambiente como suporte para a criação de suas imagens pictóricas.
Foto do artista
po: Lucas Costa
O trabalho de Gilberto Junior se baseia na ideia de resgate da ancestralidade. 
Comentário Crítico
Por meio de pintura, performance enviromental art, murais, instalação, living painting, entre outras. Parece que a obra de Gilberto Junior, faz uma alusão a terra como um elo entre territoriedade e identidade: ao pintar figuras nativas do continente americano e africano, principalmente com tintas orgânicas. E embora presenciou a invasão do seu território, de alguma modo, tais povos procurou guardar aquilo que tem em comum que é a sua cultura e a ancestralidade. E ainda que, o cotidiano urbano ou ambiente natural ganhe corpo como suporte e material essencial para o processo criativo do artista, é o conceito que fundamenta a sua produção visual.
"Busco o resgate dos conhecimentos ancestrais, por meio da produção de tintas e técnicas de pintura. Um resgate histórico-antropológico da ancestralidade humana e do lugar. Bem como um resgate da “memória” da terra, através da terra como material de pintura. Os trabalhos são pensados de maneira holística onde o ambiente, a técnica, o material e a imagem são utilizados de modo coerente e relacional, buscando entender uma complexidade de inter-relações do corpo, da cultura e do meio ambiente".
Texto escrito pelo próprio artista
 
Exposição
Coletiva
2019 - "Contextos e Narrativas Abertas". Museu de Arte Contemporânea - Feira de Santana/BA. (Pintura) 
2018 - 15º Salão de artes de Ubatuba/SP. (Pintura)
 
2018 - 26º Salão de artes de Mococa/SP. (Pintura)
Individual

BABADO

Galeria

Feira de Santana

Bahia-Brasil

ONLINE

Siga-nos

© 2020 Babado Galeria.